15 de fev de 2012

[Parte 2] Capítulo 5: Introdução a banco de dados

Imagine uma agenda. Para cada entrada da agenda (ou seja, para cada pessoa) temos alguns campos a serem preenchidos, tais como nome, sobrenome, endereço, e-mail e número de telefone.

Uma maneira típica de armazenar dados é em uma tabela com linhas e colunas. Nos termos utilizados em bancos de dados, cada linha significa um registro. Cada coluna (as vezes chamada de campo) contem o valor para cada tipo de dado.

Para a maioria das tabelas e banco de dados, é necessário existir uma coluna que contenha um identificador único, como um numero específico. Esse campo é conhecido como primary key e utilizamos para identifcar cada registro da tabela, ou seja, cada linha.

No exemplo acima, o campo ID é a primary key da tabela que representa uma agenda.

Com esse conhecimento básico de banco de dados, nos próximos posts veremos como criar um banco de dados e como executamos operações como adição, atualização e exclusão de dados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua crítica, sugestão ou comentário será muito bem vindo!